• ASCOM

Prefeitura promove final histórica do I Show de Calouros “A Voz de Plácido “


A Prefeitura de Plácido de Castro, via Secretaria de Cultura, realizou a grande final do I Show de Calouros “A Voz de Plácido”, na sexta (11). O evento entra para a história cultural placidiana pela grandiosidade e passa se modelo para outros municípios do Estado.

O concurso reuniu calouros da cidade de Plácido de Castro e do distrito de Vila Campinas. Que cantaram e encantaram seus conterrâneos, bem como, centenas de internautas que acompanharam os shows durante as seletivas por meio das lives na página do Facebook da Prefeitura.

O ineditismo foi a grande jogada cultural da organização do concurso I Show de Calouros “A Voz de Plácido”, na qual culminou em sediar o evento em locais diferentes, com transmissão ao vivo. A semifinal, por exemplo, foi a Escola São Luiz Gonzaga, na Vila Campinas

Como diz o bom adágio popular: um palco a caráter, apresentador, júri e muita música boa com talentosos jovens do município, deu o tom da linda festa e do compromisso da gestão do prefeito Camilo Silva (PSD) com a área cultural. Mesmo diante das dificuldades impostas pela pandemia, além de ter recebido uma secretaria desestruturada, a gestão conseguiu fazer uma bela festa.

Na grande final, oito calouros subiram ao placo para soltar a voz: Damilly Neri (a mais votada na semifinal), Eulandia Araújo, Emylla Rillary, Rawan David, Luciana de Souza, Raylton Arantes, Sthefanye de Souza chaves e Vanessa kastro.

O prefeito Camilo Silva parabenizou toda a equipe da Secretaria de Cultura, na pessoa do secretário Maico Holanda, que organizou uma bonita festa para os munícipes, mesmo diante da situação pandêmica da covid-19. ” Mesmo diante de uma pandemia, nosso governo vem promovendo a cultura e o lazer. Fazer um concurso desse e da forma que está sendo organizado, é muito gratificante. Parabéns aos nossos trabalhadores da Cultura e vamos fazer ainda mais”, garante Camilo. “Ao assumimos a Secretaria Municipal de Cultura do município de Plácido de Castro, encontramos uma secretária sucateada, sem um espaço próprio, sem material permanente, sem vida no município. ” Mas graças a Deus e ao prefeito Camilo que montou e nos deu autonomia de montamos uma equipe altamente competente e com profissional de excelência. Reestruturamos a secretaria, montamos nosso plano de ação, com inúmeros projetos: oficinas culturais de violão, teatro e capoeira, oficinas estas que hoje atendem mais de 30 crianças e jovens. Heranças Plácidiana que visa contar de forma lúdica história de Plácido de Castro. A criação dos pontos de cultura, que hoje abrangem vila Campinas e muito em breve montaremos outros dois no TRIUNFO e T da Enco”, conta o secretário.