• ASCOM

Em resposta a mentira de Moisés Diniz

Em resposta a mentira de Moisés Diniz, Prefeito Camilo Silva diz que assessor se esconde atrás da cortina para criar discórdia e plantar desacordo

Em resposta às informações inverídicas publicadas pelo assessor do governo estadual, o ex-deputado Moisés Diniz, o prefeito de Plácido de Castro , Camilo Silva, lamenta e repudia que ele receba o erário público e fique atrás da cortina para criar discórdia e atacar pessoas.


O assessor do governo acusou o senador Sérgio Petecão de inaugurar a Ponte do Santa Helena, construído pela Prefeitura de Plácido com a doação de madeiras pelo IMAC, para se promover politicamente.

Algo que não condiz com a verdade.


"Nós queremos desmentir esse manifesto do assessor do governo, Moisés Diniz, que está atrás das cortinas, ganhando o erário público para criar discórdia, para plantar desacordo, entre as gestões municipais e estadual. Para ciência de todos, em nenhum momento nós inauguramos ponte, o que foi feito na verdade, foi uma ação de saúde, no Ramal T da Enco, a terceira ação na realizada na zona rural. Na qual contou mais uma vez com a parceria do gabinete do deputado e médico infectologista Jenilson Leite e da vereadora Michelle, de Rio Branco", desmente o gestor.


Na mesma na data, ou seja, sábado (26), inauguração o prédio da Secretaria de Educação, por isso, convidamos o Senador da República, Sérgio Petecão. Nessa oportunidade, também convidei o deputado Jenilson e o senador para irmos ver as obras que a Prefeitura de Plácido de Castro está realizando. "Somos gratos e sempre fazemos questão de enaltecer que o Governo do Estado é nosso parceiro na construção de oito pontes, porém, nos 100 km de ramais ja recuperados, não recebemos nenhuma ajuda de custo do Estado. Também não recebemos um centavo do Deracre para melhorar os ramais até a presente data. Por conta disso, convidamos o senador e deputado para conhecer de perto a qualidade dos ramais que estamos recuperação. De modo que não fizemos inauguração nem de ramal, nem de pontes. A única obra inaugurada foi o prédio da Secretaria de Educação, na cidade", afirma o prefeito.


O prefeito finaliza afirmando: "isso que o Moisés escreveu é uma inverdade, é uma mentira. Ele está pautado nos parâmetros da discórdia, da enganação e da falácia. São coisas que não coaduna com o comprimisso da nossa gestão e do povo placidiano", diz Camilo.

0 comentário