top of page
  • Foto do escritorASCOM

Prefeito Camilo da Silva inicia obras de construção da Praça do Bairro Olaria, em Plácido de Castro

Desde o início da semana passada, o prefeito de Plácido de Castro, Camilo da Silva, deu início às obras de construção da Praça do Bairro Olaria, que será feita em uma área no qual, anteriormente, era usada como campo de futebol em terra batida. A obra, que tem um custo estimado de R$ 470.876,32, é fruto de uma parceria entre a prefeitura e o governo federal, por meio do Programa Calha Norte (PCN) e o Ministério da Defesa. A praça terá uma estrutura moderna e ecológica, com iluminação de LED, playground, academia ao ar livre, bancos, mesas, lixeiras, paisagismo e acessibilidade.

O prefeito Camilo da Silva ressaltou a importância da obra para a valorização do bairro e a promoção da cidadania. “Essa é uma obra muito esperada pelos moradores do Bairro Olaria, que há muito tempo reivindicavam um espaço de lazer e convivência. Vamos transformar essa área em uma praça bonita, segura e sustentável, que vai trazer mais qualidade de vida, saúde e bem-estar para as famílias”, afirmou.

A nova praça vai integrar o projeto de revitalização urbana do município, visando aproveitar o potencial do bairro Olaria, que é um dos mais antigos e tradicionais de Plácido de Castro, além de oferecer um equipamento público de qualidade, que vai valorizar o patrimônio histórico e cultural da região. Essa é uma das várias obras que a Administração Municipal está realizando com o apoio do Governo Federal.

A construção da praça, está sob a responsabilidade da Empresa Construtora Brasil Novo e tem como responsável técnica a Engenheira Civil Ana Beatriz Cabanelas Brasil. A previsão é que a obra seja concluída em um prazo de 4 meses, devendo ser entregue à população no dia 13 de março de 2024. 

Sobre o Programa Calha Norte

O Programa Calha Norte é uma iniciativa do Ministério da Defesa, que busca atender às carências vividas pelas comunidades, por meio da realização de obras estruturantes, como a construção de rodovias, portos, pontes, escolas, creches, hospitais, poços de água e potável e redes de energia elétrica. O objetivo é proporcionar a manutenção da soberania nacional e o desenvolvimento regional. Atualmente, o Programa está em 379 municípios em oito Estados da Federação: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

bottom of page